Review | Anastasia Beverly Hills Modern Renaissance Palette

Olaaaa meninas!

Este é um dos posts que terei mais gosto de escrever (spoiler alert)! Já sabem que sou obcecada por maquilhagem mas descobri há pouco tempo que no meio de tanta maquilhagem tenho um fraquinho muito grande por paletas de sombras! Daí ultimamente andar a investir numas paletas de sombras High-end… Mas sempre com muita pesquisa antes! =D

Foram tantos vídeos de favoritos de 2016 que vi como os que tinham como paleta do ano a Modern Renaissance… E lá me convenci que tinha que a ter, custasse o que custasse!

Primeiro tenho que vos dizer que tive que esperar um pouco para que tivesse disponível ora no BeautyBay ou na Cultbeauty... Lá apareceu a oportunidade e comprei-a por 51,90€... Eu sei.. dói o preço e quem me conhece sabe que adoro descontos e promoções (tipo a louca na sephora com 20% de desconto) mas arrisquei e engraçado é que não ouvi uma má review e confiei!

IMG_20170318_124952

Comprei então pelo BeautyBay e demorou cerca de uma semana a chegar! O entusiasmo foi grande e realmente guardei-a bem até fazer os swatches para o blog! =)

IMG_20170318_125125

A embalagem é o que todos dizem: num veludo em rosa velho com letras rose gold e branco, linda de morrer! No entanto é um senão este tipo de tecido porque realmente suja facilmente e dificilmente se consegue tirar as manhas das sombras! (ando a ter o maior cuidado e mesmo assim é complicado!)

IMG_20170318_125220

Passando ao interior: a paleta fecha através de iman, tem um pincel (que acho até bastante bom para este tipo de pincéis que vêm nas paletas que nem ligamos nada – este vale a pena guardar), tem também um espelho razoável mas que não recorro e por fim 14 sombras em tons bege, acastanhados, rosados e de ameixa!

Para quem gosta de tons quentes e fortes vão se apaixonar mal abram a paleta, tipo eu! =D

O toque nas sombras é do OUTRO MUNDO! A sério meninas não tenho nenhuma paleta que se compare a esta sensação (eu sei que ainda não vos mostrei as outras que comprei mas nem Urban Decay nem Too Faced se compara)! São tão SUPER SUPER SUPER Cremosas que parecem de creme e derretem-se no dedo mal tocamos! De 14 só existe uma ou duas que não têm a esta sensação o que para mim não me incomoda, nem interfere na minha opinião geral!

IMG_20170318_125444
Close-up: Tempera, Golden Ochre, Raw Sienna e Burnt Orange
IMG_20170318_125758
Swatches (1o com o dedo e ao lado com o pincel) : Tempera, Golden Ochre, Raw Sienna e Burnt Orange
IMG_20170318_125832
Close-up: Vermeer, Buon Fresco, Primavera e Red Ochre
IMG_20170318_130041
Swatches: Vermeer, Primavera, Buon Fresco e Red Ochre
IMG_201704101_115911
Close-up: Antique Bronze, Love Letter, Cyprus Umber, Venetian Red, Warm Taupe e Realgar
IMG_201704101_115827
Swatches: Antique Bronze, Venetian Red, Love Letter, Warm Taupe, Cyprus Umber e Realgar

TEMPERA: bege claro acetinado, com um “sheen”, óptimo para servir de base em toda a pálpebra antes de usarmos as outras sonbras;

GOLDEN OCHRE: amarelo torrado claro, mate e é ideal como sombra de transição;

VERMEER: uma das poucas sombras brilhantes num tom prata rosado com um toque de roxo. Indicda para o centro da pálpebra;

BUON FRESCO: uma das favoritas, um roxo claro acizentado com acabamento matr, óptimo para transição ou sozinho por toda a pálpebra num look mais simples;

ANTIQUE BRONZE: como o nome indica um bronze metalizado, bem pigmentado, bom para se usar no canto externo;

LOVE LETTER: um magenta “seco, com subtons frios e acabamento mate. Esta é uma das sombras que vos falei que tem um toque mais seco e, apesar de não ser tão pigmentada como as outras, conseguimos facilmente construir a cor na pálpebra de forma uniforme;

CYPRUS AMBER: um castanho mate, extremamente pigmentado, ideal para se usar como se fosse uma sombra preta, ou seja, tanto no canto externo como juntoà linha das pestanas;

RAW SIENNA: um castanho claro quente com subtom dourado, em acabamento mate.  Uso para criar mais dimensão no côncavo;

BURNT ORANGE: um castanho mate alaranjado, para o côncavo (sim, ele na foto está danifixada porque deixei cair o telemóvel em cima da palete e… Ups =S)

PRIMAVERA: outra das sombras brilhantes, metalizada, esta com um subtom mais quente, com um toque de pêssego e dourado;

RED OCHRE: castanho avermelhado com toque de “ameixa” e com acabamento mate, tanto para dar dimensão ao olhar com outras sombras como também usado sozinho na pálpebra móvel e esbatido;

VENETIAN RED: semelhante a Love Letter na cor, esta também tem um toque seco (penso que tem a ver com o pigmento vermelho das sombras que pode levar a esta textura). Por outro lado, e ao contrário de Love Letter, esta tem um acabamento semi-mate, ou seja mais acetinado, mas também fácil de contruir e esfumar;

WARM TAUPE: castanho acinzentado claro com um acabamento mate e super pigmentado, também excelente para cor de transição;

REALGAR: um mate laranja queimado, com subtom acastanhado e com uma óptima pigmentação.

Como podem ver pelas fotos não existe quase diferença entre os swatches com o dedo e os swatches com o pincel, o que vos mostra a pigmentação que elas têm, que é FE-NO-ME-NAL! 

 

Antes de vos dar os prós e contras (que vou tentar apontar os minimos defeitos) digo-vos já ESTA É A MELHOR PALETA QUE ALGUMA VEZ TIVE! E VALE A PENA CADA CÊNTIMO GASTO E TODO O HYPE À VOLTA DELA! DE QUE ESTÃO À ESPERA MENINAS?  =D #tudodjibom

PRÓS:

  • Seleção de cores bastante versátil: dá para criar looks mais simples com os tons mais claros e acastanhados e looks mais arrojados usando os mais magenta
  • Textura: tirando 2 sombras, elas derretem-se mal tocamos, são mesmo super cremosas
  • Pigmentação: todas são pigmentadas e aquelas 2 mais “secas” conseguimos na mesma construir cor
  • Embalagem: linda e com nomes bastante inspiradores
  • Pincel e espelho incluídos
  • Duração: duram imenso nas pálpebras principalmente com um bom primer (entre 8 a 10 horas)
  • Aplicação: ESTE É UM PONTO CHAVE DESTA PALETA– as sombras esfumam-se em segundos, ou seja, até para quem não tem experiência ou para quem tem pressa, elas são a oitava maravilha!

CONTRAS:

  • Acesso: só conseguimos em Portugal através de sites online
  • Validade: na paleta diz que só dura 6 meses após aberta (o que acho um absurdo e que ninguém vai atirar fora a paleta depois desse tempo passar)
  • Embalagem, que apesar de bonita não é das melhores para se limpar
  • Preço: claro que todas preferíamos que fosse mais barata mas pela qualidade que tem, acho um preço justo.
  • Queda: por ser tãooooo pigmentada acaba por soltar bastante pó das sombras o que para mim não me incomoda, apesar de preferir fazer os olhos primeiro que a base para evitar sujar.

 

IMG_20170494_035555

IMG_20170494_035401

 

Xoxo.

Anúncios

3 comentários sobre “Review | Anastasia Beverly Hills Modern Renaissance Palette

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s